30 mar

Localizado junto à Cordilheira dos Andes, San Carlos de Bariloche, na Argentina, é um dos locais amados pelos turistas brasileiros, principalmente aqueles que desejam conhecer a neve. Em um espaço com bonitas paisagens naturais, há diversas atividades esportivas e familiares em um país próximo ao nosso com um bom custo-benefício.

Cerro Catedral

A principal estação de esqui de Bariloche foi uma das primeiras a se instalar na América Latina e ainda hoje é um dos centros mais completos do país. No espaço, há mais de 50 pistas com variáveis níveis de dificuldade, tanto para iniciantes quanto para os profissionais. Aos novatos, escolas de esqui e snowboard fornecem as aulas necessárias, com aluguel de roupas e acessórios, para as primeiras atividades. Além do esqui, há uma infraestrutura completa em lojas e diversos restaurantes locais, sempre disponíveis para atender a todos os turistas, principalmente na alta temporada.

Circuito Chico

Para aqueles que estão visitando a cidade pela primeira vez, o Circuito Chico é uma boa viagem que traça um tour por Bariloche. Com viagens diárias tanto pela manhã quanto a tarde, o passeio realiza um trajeto de 65 km pelo local passando por destinos turísticos como o mirante Cerro Campanario, Colonia Suiza, Capilla San Eduar e o Parque Nahuel Huapi e seu lago.

Nahuel Huapi National Park

Criado em 1934, o Parque Nacional Nahuel Huapi é o mais antigo parque nacional da Argentina. Um centro dedicado a pesquisas, atividades recreativas e esportivas, além de passeios turísticos, preservando a natureza e a cultura local. Os 710 mil hectares do Parque reúnem vasta riqueza de fauna e flora, destacando tanto bosques quanto preservando estepes e parte da floresta andina.

Piedras Blancas

A diversão é um dos princípios da Piedras Blancas, um centro de esqui dedicado para a distinta especialidade do esquibunda (ou tríneo como chamam no local). Um espaço em que a família pode realizar atividades divertidas e brincar nas diversas pistas disponíveis. Para os que desejam aprender esqui e iniciar o passeio em outros locais, o Winter Park oferece uma área para iniciantes exercitarem suas habilidades. Há também um teleférico que leva o turista até o topo de Piedras Blancas para admirar a bela paisagem de tirar o fôlego.

Ilha Victoria e Bosques de Arrayanes

Independente do clima local, o passeio até a ilha Victória e Bosque de Arrayanes, na Península de Quetrihue, é uma das imperdíveis atividades para contemplar a natureza. Partindo do Porto Pañuelo, a Península de Quetri Hue é a primeira parada para se visitar o Bosque de Arrayanes, uma área protegida formada quase unicamente pelo arrayán, uma planta da mesma família do eucalipto e da jabuticaba. Há trilhas bem sinalizadas para caminhar pelo local. Em seguida, o passeio continua até a Ilha Vitória, a maior ilha do lago Nahuel Huapi, um espaço em que é possível tanto prealizar caminhadas na trilhas, em locais rodeados de sequóias e pinheiros, quanto admirar a paisagem em diversos mirantes.

Villa La Angostura

Para quem procura atividades próximas a Bariloche, a visita a Villa La Angostura é uma boa opção. Localizado a 85 km da cidade, a Villa é considerada um dos centros da Patagônia Argentina. Possui um clima e uma vegetação semelhante, mas, devido ao tamanho, é mais intimista. Entre as possibilidades de passeio estão o Cerro Bayo, estação de esqui local, a trilha até o topo do Cerro Belvedere ou o Parque Nacional Los Arrayanes, um bonito e agradável bosque.



Tags: , , , ,